Nota de repúdio: Bispo de Vitória presta desserviço ao espalhar mentiras acerca de uma suposta Ideologia de gênero

DSC_0147O Fórum LGBT do Espírito Santo, instituição que congrega representantes de diversos movimentos de promoção da cidadania de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais e a erradicação de todo tipo de preconceito, vem a público repudiar o ato de alguns religiosos, em especial a carta de Dom Luiz Mancilha Vilela, acerca de uma suposta ‘ideologia de gênero’ que estaria permeando Planos de Educação nas esferas municipais, estaduais e nacional. As afirmações desses senhores é baseada em boatos, mentiras e contrainformação.

“Nos fóruns de discussão sobre os Planos Estaduais e Municipais de Educação foram retomadas as deliberações dos sete eixos da Conferência Nacional de Educação de 2014, que abarcaram medidas para promover a igualdade na educação para grupos da sociedade mais atingidos por injustiças.

“São meninas e mulheres, pessoas com deficiência e necessidades espeiciais, pessoas negras, quilombolas, indígenas e deoutras raças e etnias, pessoas LGBT, ciganos, e povos do campo, da floresta, itinerantes e das águas, entre outros.

“No entanto, em muitos casos, quando as propostas de Planos de Educação chegaram nas casas legislativas para serem transformadas em lei, esbarraram com a cruzada fundamentalista e medieval contra uma suposta ‘ideologia de gênero’.

“Embora o furor e a histeria se centrassem na questão LGBT, na família e nas mulheres, acabou atingindo os demais setores sociais, raças e etnias, transformando-se em uma alarmante intolerância à diversidade humana e uma preocupante imposição antidemocrática de valores que chegam a ser fascistas.

“Se há uma ideologia, deveria ser a do respeito, da pluralidade, da não violência, de poder viver em paz. Para essa discussão, precisamos ter serenidade, racionalidade, lógica, dados e paciência para escutar todos os lados. Não existem soluções binárias e dualistas para questões complexas.

“Nossa discussão é a dignidade humana, nossa demanda é pelo respeito, não queremos destruir a família de ninguém, queremos o respeito para todas as famílias.”

Gostaríamos de convidar para o diálogo todos aqueles que desejam esclarecer suas dúvidas acerca desse tema e, assim, promover o bem estar entre nossos movimentos em prol de uma sociedade mais justa e fraterna.

Coordenação Colegiada
Fórum LGBT do Espírito Santo

(Com palavras de Toni Reis. Original em: http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2015/06/1645375-escolas-devem-estimular-discussao-de-genero-entre-criancas-sim.shtml)

Anúncios

Sobre Aubrey

Conselheiro e secretário de Comunicação do Conselho Estadual de Juventude do Espírito Santo, coordenador do Fórum Estadual LGBT do ES, e co-fundador do Grupo CORES - Consciência, Orgulho e Respeito no Espírito Santo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s